Passaram 44 anos!

Depois de 44 Páscoas, aqui estou eu a desejar-vos uma Boa Páscoa de 2012 e, com a esperança de que as amêndoas não vos faltem.

 

 

Vexiloide de Alexandre Magno, numa guerra de 13 anos, sem retorno

 

 
As amêndoas que me recordam Marrupa - 1968
 

 

Malmequer, o Vexiloide do Ventor, sobre cujas pétalas, vou sonhando

 

Deixo-vos aqui as amênddoas desta Páscoa de 2012, entre os vexiloides de Alexandre Magno e do Ventor, duas imagens que bem podemos considerar a representação do meu amigo Apolo, a minha (nossa, espero eu) bela companhia africana.

 

 

Marrupa, em 1968. Aos que partiram e aos que ficaram, eu nunca vos esquecerei 

 

Boas Festas para todos, especialmente, aqueles que passaram pelo Niassa - Nova Freixo, Marrupa e Vila cabral, um triâgulo, nas nossas vidas.

 



O Ventor e a sua amiga cegonha, 1969, em Vila Cabral

publicado por Quico e Ventor às 09:00