Hoje passei por lá. Fui ver os meus amigos e fiquei a conhecer algo de novo.

Fiquei a conhecer a capelinha e o memorial. Já há bastante tempo que não fazia qualquer caminhada junto ao Tejo e hoje lembrei-me de passarmos por lá e ir ver, mais uma vez, o Memorial ao combatente. Gostei muito do novo espaço no Forte do Bom Sucesso (mau sucesso). 

 

Um espaço só, mas dividido em dois corpos. Um espaço da capelinha, logo à entrada e o outro espaço para o Memorial, saindo pelo fundo da capelinha, descendo uma rampazinha e passando por um corredorzinho. Ai encontramos o nosso Memorial. O melhor é mostrar em fotos porque nem toda a gente terá possibilidades de se deslocar a Lisboa para prestar homenagem à nossa gente que, no ex-Ultramar, por portas e travessas, partiram antes de nós.

 

DSC03789.jpg

 

Havia ali uma porta de chapa verde, hoje ao chegar, verifiquei que havia ali uma capelinha e um memorial

 

DSC03790.jpg

 

 Esta é a Capelinha uma belíssima casinha do Senhor da Esfera onde pode estar entre nós e aqueles de nós que chamou mais cedo

 

DSC03796.jpg

 

 No altar tem Cristo mutilado dos dois braços

 

DSC03802.jpg

 

Aqui podemos ver a história desta imagem que nos diz que foi encontrada entre Verdun e o forte S. Michel, em plena 1ª Guerra Mundial

 

DSC03795.jpg

 

Na parede à esquerda, antes de Nossa Senhora de Fátima, temos o S. Miguel Arcanjo

 

DSC03794.jpg

 

Aqui tem a placa que nos descreve o Arcanjo S. Miguel

 

DSC03798.jpg

 

S. Nuno de Santa Maria

 

DSC03797.jpg

 

 Esta placa diz-nos quem é S. Nuno de Santa Maria, Padroeiro da Liga dos Combatentes

 

DSC03793.jpg

 

Saindo da Capelinha, temos este corredor que nos leva ao Memorial

 

DSC03806.jpg

 

DSC03814.jpg

 

Aqui jaz um soldado de Portugal caído na Guerra do Ultramar 

 

DSC03808.jpg

 

Cristo numa situação que nunca tinha visto

 

DSC03811.jpg

 

 Esta placa diz-nos do símbolo de Cristo nas nossas caminhadas

 

DSC03815.jpg

 

Claro que a minha companheira de caminhadas também esteve presente. E tal como eu, sabe que todos os dias o mundo, o nosso mundo, está em evolução permanente. Para o bem ou para o mal, nós fazemos parte disso. Aqui deixo esta nova faceta do Forte do Bom Sucesso. Muitos ainda não a conhecerão.

**************************

**************************

O Ventor e a sua amiga cegonha, 1969, em Vila Cabral

publicado por Quico e Ventor às 22:43